You are here

Posts por Assunto

Sociedade e Política

As forças de direita servem-se da democracia, mas não servem à democracia.

O tema "corrupção" no Brasil, é o que faz o brasileiro de imbecil.

E a gente segue achando que são os políticos os culpados, enquanto os empresários, premiadamente, saem tranquilos.
Com isto criamos uma polícia e um judiciário políticos e perigosos.

"povo" não tem sabedoria
Povo tem necessidades.

Infelizmente somos uma sociedade escrota que opera totalmente pelo interesse. Interesses escrotos.
Honra é uma palavra esquecida para os ocidentais.
Os verdadeiros valores morais deveriam ser a base dos ensinamentos familiares, mas se esfacelaram há muito...ou nunca existiram em nossas famílias.
Não temos uma "pauta de conhecimentos da família" que deveriam ser repassados aos nossos filhos. Só vivemos e vamos levando. 
E quando um filho faz merda, a culpa é dele, pois criamos eles "direitinho"...
Deveríamos aprender a ser pais. Alguém deveria nos ensinar a sermos "pais fodões" para criarmos filhos fodões e uma nação fodona.
O máximo que sabemos e repassamos é que tem que estudar para, no futuro, comer o fígado de alguém.
Patético...

Sem a fiscalização da grande mídia sobre as atrocidades cometidas por políticos e o poder judiciário, somos todos cegos.
Tudo é possível.
Nos canais alternativos de notícias são publicados cada coisa impressionante que, se o povo soubesse, haveriam execuções em praça pública todo o dia.

O que têm de maluco (ou safado) que se acha porta-voz do povo.
"O Brasil não aguenta mais..."
Tá falando isso à partir de alguma pesquisa?
Fala sério...

A popularidade de um governo só é necessária para governar para o povo.
Para governar para as elites, não é necessário popularidade.

Tem maluco que tem mais estilo que neurônio, mano.

Para a grande maioria, a TV é a única fonte de cultura...

As classes dominantes falam o que querem através da mídia.
Ou...
A mídia fala o que as classes dominantes querem que seja falado.

O isentão é o cara que tem sua cultura política lapidada pela mídia hegemônica e criou repúdia irracional aos partidos de esquerda.
Vendo as loucuras da extrema direita, diz: o que faço, estamos entre o "louco e o ladrão".
Faz o seguinte, queridão, desliga a TV, põe no lixo as revistas sensacionalistas, pare de ler jornais e busque, na Internet mesmo, conhecimento de história. 
Mas busque DE FATO.
Entenda como a humanidade chegou até aqui.
Leia, sim, os intelectuais da esquerda (afinal você leu e ouviu a vida inteira os intelectuais da direita e precisa balancear).
Entenda, DE FATO, os dois lados, os dois pontos de vista.
Conheça os FATOS históricos.
E, só então, tome um lado que lhe convém.
Que isto seja uma decisão SUA de VERDADE.
E, acredite, somente assim a decisão será sua mesmo...

Leia e ouça com SENSO CRÍTICO sempre!!
Nada é a pura verdade, muito menos vindo de jornalões. Muito menos!!
E ainda menos quando são matérias acusatórias.
D-E-S-C-O-N-F-I-E !!!

O problema é que:
- Os toscos de direita são MUITO mais burros e perigosos que os toscos de esquerda.
- Os intelectuais de direita são MUITO mais espertos e inteligentes que os intelectuais de esquerda.

Palavras violentas.
Sentimentos violentos.
Rancor.
Desprezo.
Acusação.
Desprezo pelo direito alheio.
...
Você já é um fascista.
Mas, calma, você pode mudar a qualquer momento.
Basta pensar com amor.
Basta querer mudar.
Não quer? Ok, você é um fascista.

O problema do fascismo é que a pessoa vive a vida inteira triste, pois olha para os valores errados.
É muito difícil ter sucesso olhando para o lado errado.
O fascista olha para si e é impossível ter sucesso sozinho.

No alto de suas cúpulas, influenciadores e patrocinadores, os partidos políticos são facções.

Não é com armas que a luta política é ganha, e sim com amor, ética e respeito.
É preciso conquistar pessoas. Conquistar corações.
Os grandes da história sabiam disso e permaneceram serenos, mesmo injustamente presos.

Eleições a gente não vota contra.
A gente vota a favor!

O cara vê os seus benefícios como seus direitos indiscutíveis, mas vê os benefícios de demais categorias como privilégios, como absurdos!
É...
Ética requer inteligência e visão social. Requer a superação do ego.
Não é para qualquer um...
Não é para qualquer povo.

Só há países de terceiro mundo porque, nestes, há classes dominantes. Muito dominantes, que, justamente, dominam e seguram tudo que podem (educação, saúde e progresso em geral) para que nada saia de suas mãos. Porque são pessoas, famílias e castas, que, historicamente, vivem de lucros escusos, indevidos. Precisam da dominação para que sua corrupção aconteça sem problemas.
É, sim, claro, eu não entendo nada de economia e política internacional. É claro que há explicações diferentes, contrárias, e bem mais complexas e convincentes…

Pobres de nós...
Quando ideologias e paixões afetam a razão, encerra-se o processo de crescimento e aprendizado, que só uma razão "limpa" pode proporcionar.
Mas isto não é um problema para muitos de nós, que, infelizmente, desde cedo aprendem a "ter uma opinião", aprendem a "ser alguém". Digo, eles não vêem isto como um problema. Esta questão não os chega.
Também porque é difícil e trabalhoso não sermos um "apanhado de coisas ditas". É mais fácil sermos um aglomerado daquilo que vivemos, um quebra-cabeças do que ouvimos.
Sem o controle de sermos intencionalmente fluidos, somos só esponjas que absorvem o mundo com pouco critério. 
Nos tornamos um bando de zumbis citadores.
E quanto mais citações somos capazes de aprender, mais nos achamos especiais, cultos e diferenciados...
Pobres de nós...

Violência:
O momento em que a violência se tornou a melhor capa de jornal,
o melhor assunto no noticiário,
o melhor tema para novelas e filmes, palestras e debates...
O momento em que a violência se tornou nosso entretenimento.
Vivemos agressivos e individualistas e nem notamos.
Vivemos assustados e nem notamos.
Morremos como nação e como indivíduos.
Somos tristes zumbis...

De meu ap vejo duas esquinas problemáticas em acidentes.
Esses dias estavamos na piscina e blãm, um porrada foda, a maior que já tínhamos ouvido.
O cara ficou trancado no carro por meia-hora até vir a ambulância. Muito triste.
É importante sempre lembrarmos que erros todos podemos cometer (e, de fato, cometemos) e que a real imprudência não é o erro, mas a velocidade, que não considera o erro do outro e agrava o problema, para os dois lados…  

Porque tantos filmes americanos com esta dualidade simplista de "o bem contra o mal" nestes últimos anos?
Seria uma estratégia dos grandes grupos para polarizar e idiotizar as massas, essencialmente nos EUA, mas, de quebra, nos países terceiro mundistas que consomem os EUA....como nós?
Eu arrisco dizer que sim.
E acho que ganho esta aposta...
A gente não faz a menor idéia da complexidade das estratégias do grande capital. Eles fazem isto (e muitas outras coisas bem mais sérias) porque sabem que a nossa tendência é simplificar. Buscamos ser tolos e inocentes.
É mais fácil nos dizermos que não há conspiração alguma... Porque, com Snowden e Wikileaks, o mundo ainda não surtou na caída da ficha das absurdas conspirações que acontecem de fato?
...porque não queremos ver!
"Já que não não vou conseguir fazer nada, deixa prá lá".
Quase concordo, pois também sou um "pingo de cocô nisso tudo", eu só não concordo com o "fazer de conta de que não acontece".
Não me parece sadio.
Não piro, mas também não disfarço... Ou alguém vai dizer que as indústrias não vieram, ao longo dos anos, usando o cinema para impor seus produtos, hábitos e conceitos?
Agora essa "indústria" não é mais uma indústria, mas o mais puro capital.
Essa é a maior força mundial atual e, pelo que tenho visto, a mais sórdida e perigosa, pois não depende da sociedade, do trabalho e da própria indústria que, mesmo em sua face sórdida, não deixa de ser parte da sociedade.
Dias piores virão...
Só lamento...

Pages